logotipo /imagens/bandeiras/pt.gif   /imagens/bandeiras/gb.gif   /imagens/bandeiras/it.gif   /imagens/bandeiras/es.gif   /imagens/bandeiras/fr.gif
  
Slideshow Image 1 Slideshow Image 2 Slideshow Image 3 Slideshow Image 4 Slideshow Image 5 Slideshow Image 6 Slideshow Image 7 Slideshow Image 8
Apresentação
Palavra do Pároco
Palavra de Deus e revelações privadas
Aparições e revelações
Os Santos e a interpretação da Escritura
Balasar
Beata Alexandrina
História de uma Vida
Missão
Mensagem
Espiritualidade
Mística
Colóquios
Êxtases
Orações
Fátima e Balasar
Alexandrina no mundo
Processo | Glorificação
Serviços
Horários Litúrgicos
Pastoral da Mensagem da Beata Alexandrina
Serviços aos Peregrinos
Peregrinos - Estatísticas
Destaques
Capela da Santa Cruz
Cruz de Cristo
História da Capela S. Cruz
Alexandrina e a Santa Cruz
Fundação
Protocolo
Logótipo
Corpos Gerentes
Arquivo
Notícias
Temas de Reflexão
Meditar e Rezar com a Beata Alexandrina

Palavra do Pároco

 

Honra, Louvor e Glória à Santíssima Trindade

e à Beata Alexandrina de Balasar

 

 

Porque eu quero logo depois da tua morte que a tua vida seja conhecida, e há-de o ser, farei que ela o seja. Chegará aos confins do mundo.”

Quero que tudo se saiba, para verem como Eu me comunico às almas que me querem amar.”

                                                Palavras de Jesus a Alexandrina em 20/11/1937

 

 

 

O site do Santuário e Fundação Alexandrina de Balasar tem como finalidade honrar e louvar a Beata Alexandrina. Queremos dar a conhecer a sua Mensagem para Glória de Deus, e honra e louvor à Beata Alexandrina.

Transcrevemos alguns textos da Beata Alexandrina revelando a vontade de Jesus para que a sua vida e obra seja conhecida em todo o mundo, e quais os frutos deste conhecimento.

 

 

Alexandrina escreve, numa carta ao Pe. Mariano Pinho, o que Jesus lhe disse no dia 20 de novembro de 1937:

«Porque Eu quero logo depois da tua morte que a tua vida seja conhecida, e há-de o ser, farei que ela o seja. Chegará aos confins do mundo, assim como terá chegado a voz do Papa a consagrar o mundo à Minha querida Mãe. Quero que tudo se saiba, para verem como Eu Me comunico às almas que Me querem amar.»

 (Cartas ao Padre Mariano Pinho; 22/11/1937)

 

 


 

«Todas as almas que te visitarem, são os seus nomes inscritos pelo teu Anjo em Meu Coração, e serão salvas. Mesmo aquelas que te visitarem por curiosidade e mal-intencionadas. A tua dor será uma força invencível que a todas salva. Tudo isto faz parte da missão que te confiei, a mais nobre e sublime missão.»

(Sentimentos da Alma; 07/06/1946)

 

 

No ano da sua morte, a 13 de maio de 1955, no 38º aniversário da primeira aparição de Nossa Senhora em Fátima, Jesus afirma:

«Depois da tua morte, o teu sepulcro, a tua sepultura, há-de falar intimamente a milhares, a milhares de pecadores. As almas hão-de ir junto de ti, e por ti, como agora, continuarão a ser enriquecidas.»

(Diário Espiritual; 13/05/1955)

 

 

A 2 de setembro de 1949, depois de um êxtase:

«Foi para elas (almas), Minha filha, que Eu te criei, foi a missão mais sublime que te confiei, e em prova de que é para as salvar que estás neste Calvário dou-te todas as graças, entrego-te todos os meios. Faz com que em grande número venham junto de ti, farei que te rodeiem à volta do túmulo e que te invoquem quando estiveres no Céu.»

(Sentimentos da Alma; 02/09/1949, sexta feira)

 

 

Nossa Senhora a Alexandrina:

«Escolhi este dia que em minha honra é guardado para que em união comigo seja festejado o dia em que te foi entregue o reinado da humanidade. Quando o mundo disto tiver conhecimento, comigo serás louvada.»

(Sentimentos da Alma; 08/12/1944)

 

 

Felizmente que a vida e mensagem da Beata Alexandrina rapidamente se espalhou por todo o mundo. São muitos os escritos e vários os livros onde muitas pessoas manifestam a sua admiração e experiência espiritual baseada na vida e Mensagem da Beata Alexandrina.

Neste momento, em que o site oficial da Fundação Alexandrina de Balasar é apresentado aos devotos da Beata Alexandrina, queremos reconhecer, de um modo particular, o trabalho dos seus diretores espirituais: o Pe. Mariano Pinho e Pe. Humberto Pasquale. Sem a sua perseverança e “fé” em Alexandrina, hoje esta grande mensagem de Deus seria pouco conhecida. Os seus livros foram pioneiros e fundamentais para que a profecia de Jesus se concretizasse. Graças a eles conhecemos este joia de Jesus e modelo de vida para o cristão.

Mas, hoje, há outros areópagos, outros púlpitos, outros livros sem os quais a Mensagem ficará ao alcance de pouco público. A internet é o grande meio de comunicar ao mundo do nosso tempo. Daí o site e outros meios que a Fundação Alexandrina de Balasar utilizará para dar a conhecer ao mundo a grandeza da mensagem que Deus nos transmite através da Beata Alexandrina e, assim, ajudar a cumprir o desejo e mandato de Jesus.

Tudo seja para Glória da Santíssima Trindade, Glória da Mãezinha, e gratidão e louvor à Beata Alexandrina pela sua doação total ao Senhor como vítima de amor pela humanidade. Ela é a “Esposa de Sangue”. Assim a definiu o Papa Beato João Paulo II na homilia da proclamação como Beata da Igreja Católica.

 

Pe. Manuel Neiva

Pároco de Balasar

Presidente da Fundação Alexandrina de Balasar

 

Destaques
/imagens/destaques/rsz_anopastoral2016_17.jpg
Agenda
2016-2017
Ano Mariano - Fé Contemplada
31 de outubro
Consagração do Mundo ao Imaculado Coração de Maria
Localização

Ver mapa maior
ContactosMoradaHorários

Tel. Igreja: (00351) 252 951 601

Tel. Fundação: (00351) 252 951 264 

Tlm Fundação: (000351) 963 649 183

E-mail: fundacao@alexandrinadebalasar.com

Rua Alexandrina Maria da Costa, 21

4570-017 Balasar PVZ

GPS     41º 24' 17'' N    8º 37' 31'' W

Receção da Igreja:

segunda feira a sábado

09h00-12h30 e 14h00-18h00

domingo

09h00 às 12h45 e 14h30 às 18h00 

                                      

Casa da Alexandrina:

Inverno

09h00-12h00 e 14h00-18h00

Verão

Semana - 09h00 às 12h00 e 14h00 às 19h00

Domingo e Dia Santo - 08h00 às 19h00